26.1.15

A Mãe é o fundo do ser, é o tal ventre de onde nasce tudo!

"O português é (...) Alma que foge de ser corpo, insatisfeita e perdida numa existência vaga, sem limites. Tem um FUNDO DE FEMININA TERNURA. A sua sombra é de mulher no pressentimento de um filho esperado em vão. É uma lembrança que chora, grávida de misteriosas esperanças: a eterna promessa de uma dádiva, um eterno crepúsculo amanhecente..." Teixeira de Pascoaes
Ser português é ser MÃE DO MUNDO
A Mãe é o fundo do ser, é o tal ventre de onde nasce tudo!
Não, não é preciso ser mulher, é só preciso sentir a alma que se é!

http://youtu.be/ncGKiPJFPsc

O HOMEM É MADRE-DE-DEUS!
http://youtu.be/_tWhbZH6U9k