28.1.15

Quem acha que a saudade é só água, ainda não conhece o fogo que lhe arde na alma!

"A saudade escreve e eu traslado.
De Babel sobre os rios nos sentámos,
De nossa pátria desterrados,
As mãos na face, os olhos derribados,
Com saudades de ti, Sião, chorámos."
Camões
Sião é a terra onde o si é são: onde o si é o que os outros são
A poesia é a beleza nascida da saudade
Só a Poesia fica, não em bibliotecas, mas na luz que brilhará das almas!
O verdadeiro poeta quer é que as bibliotecas peguem fogo: que o fogo das almas faça desaparecer este esboço de mundo
 
Quem acha que a saudade não nos traz nada de novo, nenhum saber que nos sirva, é porque ainda não provou o sabor das suas lágrimas!
Quem acha que a saudade é só água, ainda não conhece o fogo que lhe arde na alma!
Quem despreza a saudade, despreza a beleza da sua alma!
Despreza o 'Herói do Amar' que nasceu para ser!