24.1.15

A única certeza que podemos ter é que sentimos!

Numa entrevista, alguém pergunta a Agostinho da Silva se ele acha que aquilo que ele preconiza como futuro pode acontecer em breve, ao que ele responde: "Eu não acho, tenho a certeza"
Esta resposta que pode parecer arrogante é, na verdade, a convicção interior, de que ele também fala, de alguém que sente o que diz, e quando se sente o que se diz não há lugar a achar, há só lugar a(o) sentir... que é a única certeza que podemos ter: que sentimos!

Arrogância é achar que, para lá do sentir, há algo mais de... palpável!
Arrogância é achar que se acha! Pois, ter achado, é não estar aberto... a sentir!
 Pois, ter achado, é ter colocado obstáculos entre si e a vida, e o amor!

Achar é ser só uma acha... quem se pode contentar em ser apenas uma acha tendo nascido para ser o próprio fogo que não tem dúvidas?
Não o fogo que não se sente e que impõe as suas certezas, mas o fogo que tudo compreende e te ateia mesmo sem tu quereres! ahahah
'Tás frito! Fazer o quê? Nasceste para ser 'ovo estrelado', podes é ter-te esquecido...

 
Ó homem, nasceste cru... queres continuar a ser cru...el?
Não pode ser... abrasa-te! A bem ou a mal! São, no fundo, o mesmo!