25.1.15

É por vermos a natureza como comida, que a fodemos: a deixamos em mau-estado

Voltando ao devorar a vida e não ao cuidá-la: Food... foder
É por vermos a natureza como comida, que a fodemos: a deixamos em mau-estado
A natureza É a nossa Amada, É o nosso Amor!
Como podemos tratar quem amamos como mero produto, mera posse, mero objeto?...
Amar não é isso, porque não estamos a amar sentindo, lembrados de como realmente se Ama!
Amar é alimentar o outro, não é alimentar-se do outro!
Amar é iluminar o outro com o nosso Amor!




Olh'ó Mar: o mar ama iluminando-se a si mesmo, e é assim que ele nos ama, que nos ilumina! O mar é o sol! O mar é a mãe da criança que é o sol!... Eles são um!
É assim que se Ama: que se é Ama! Mas não Ama que alimenta a dependência da criança que ama
É-se Ama de Luz quando se liberta o outro para ser quem é!

Não, não é dizer que tudo é admitido do outro! Isso é outra coisa...
É dizer que, mostrando eu a minha luz, dou permissão ao outro para ser a sua
Mostrando eu o que sinto, dou permissão ao outro para mostrá-lo também
Mostrando eu que posso criar através do que sinto, dou permissão ao outro para que cumpra a sua missão única!