25.1.15

Fernando 'Pe...nélope'

"No livro, 'O Nome das Coisas', a rainha de Ítaca é convocada com a nobre missão de unir os múltiplos fios do 'dividido', do 'Viajante incessante do inverso'. Assiste-se, assim, a uma clara identificação de Fernando Pessoa, perdido por entre fragmentos, com Ulisses (...) salienta Eduardo Lourenço, «o nosso Ulisses que nunca regressou a Ítaca por nunca dela ter partido»" António Cunha
Fernando 'Pe...nélope'

 
"(...) é a lua que mede o tempo, que liga e une os diferentes momentos da vida dos homens, como seu destino e o do universo. Uma das epifanias da Deusa, como Neit, Ísis ou Atenas, é a de tecedeira.
É a deusa, a que fia e tece os fios do destino dos homens e do cosmos unindo realidades opostas, noite e dia, obscuridade e luz, passado e futuro, em uma só síntese, ou final integração (...)
Porque o que avultará nesta imagem, será o seu dinamismo: um dinamismo no estatismo, como movimento ultrapassado, ou ritmo imóvel, impresso aqui como a verdadeira força e obra da deusa lunar." Dalila Pereira da Costa
Penélope e Atena são a mesma tecedeira, a lua, o sentir!
Fundir-se com o sentir é fundir com o ser, com o movimento estático do mundo, é integrar os opostos do universo em si