22.1.15

Mais terrorista que a sociedade europeia e as suas leis não há!

"Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem." Bertolt Brecht
Dos radicais que tudo arrastam, diz-se que são violentos
Mas ninguém chama violentas às falsas regras que comprimem o homem!
Mais terrorista que a sociedade europeia e as suas leis não há! Ela é o terror da alma!
Toda a alma que mantenha a sua sensibilidade se sente aterrorizada ao ver-se inserida numa sociedade que não a vê...

Pior do que aqueles que habitualmente se consideram como terroristas são aqueles que, por detrás de uma máscara de paz, escondem a guerra contra si mesmos! Contra a sua sensibilidade!
Os considerados terroristas são apenas consequência inevitável da falsidade que nos cerca! Eles, no fundo, buscam destruí-la... só que de uma forma raivosa, sem ir à raiz... é preciso destruir a falsidade europeia pela raiz!

A falsidade europeia é o pior vírus que jamais existiu!
Porque a Europa é o grande modelo (caduco...) de sociedade... que inspirou, ou asfixiou, o resto do mundo
Mas essa não é a Europa Original, essa não é a Europa daqueles Lusitanos... ou de todos os que nunca se desvincularam da Terra
Essa Europa do Eu e não do Nós não pode durar, diz Álvaro de Campos, porque não é nada, não é a Natureza