23.1.15

O que o poeta escreveu são apenas tetas... é preciso ordenhá-las para que dêem leite!

Os grandes poetas são fotógrafos... eles não escrevem letras... escrevem em luz
Quando é que se escreve em luz? Quando o que escreve liberta! Primeiro o próprio poeta, depois quem o é capaz de ler em luz!... É preciso sentir para ler em luz!
Não conseguir ler em luz é o pior analfabetismo que existe...
 Leite, Light, Luz
O leitor digno desse nome é o que consegue colher o leite daquilo lê...
O que o poeta escreveu são apenas tetas... é preciso ordenhá-las para que dêem leite!
E para mugir é preciso colocar lá a nossa mão, o nosso sentir!
http://youtu.be/MOXTfMQHutQ

"(...) o céu se retirou como um livro que se enrola e todos se esconderam nas cavernas (...). E essa é a razão porque eu vou procurar os pedaços do meu filho e amante espalhados por toda a face da Terra. Até que os céus chovam leite." Natália Correia
O leite o que é? É o sangue que se tornou luz! É o som que se tornou luz!
A lusofonia tem esse propósito maior que é colocar o homem a ler em luz: a ver em luz, a viver em luz!
Todos se esconderam na caverna do pensar... assim, procuro os pedaços do Sentir da Terra... até que toda a água seja luz! Até que todo o sentir seja livre!

 
"Ó subalimentados do sonho!
A poesia é para comer" diz Natália Correia
Ó subalimentados da luz!
A poesia é para beber
 Ó subalimentados do sentir!
A poesia é para mungir