29.1.15

O homem não precisa de crer no que diz (ou ouve): precisa de CRIAR!

Que Amar não é tomar para si - possuir, é unir-se interiormente, no olhar, ao que se Ama
Amar não é crer no outro, é criá-lo, e não é possível criar a si mesmo e ao outro em separado:
Amar é criar-se a si mesmo e ao outro, em simultâneo


E é isso que falta ao homem quando fala: a sincronização da criação de si mesmo com a criação das palavras que diz!
O homem não precisa de crer no que diz (ou ouve): precisa de CRIAR!