24.1.15

O Amor da Mãe vem da Alegria da Criança que nela mora!

O pensar é impalpável, o sentir é palpável... e impalpável
O Sentir é o CARA! E a COROA!
A Mãe é a Cara, a Criança é a Coroa
A Mãe é só Amor, a Criança é só Alegria

"O amor é a fragrância da flor que é a alegria. A alegria está no seu interior, é tanta que não pode ser reprimida. A alegria tem de ser partilhada. Essa partilha da alegria é o amor. Lembre-se: você nunca conseguirá amar se não alcançar a alegria." Osho
O Amor da Mãe vem da Alegria da Criança que nela mora!

(Dizem que sou eu
no Castelo de S. Jorge... Guerreiro! - anos 80)
 
A Mãe é o Coração (a Matéria, o Corpo), a Criança é a Anima (a Alma)
O Coração dá à luz a Alma...

"A alma só tomando consciência de si mesma, como Anima, poderá conhecer o seu anjo..."
Dalila Pereira da Costa
A Mãe, só se sabendo Criança, poderá ser o Anjo que é
Não há maior alegria do que ser a inocência de não pensar (sem sentir)!
Pensar entristece a alma porque a fecha à luz
http://youtu.be/2rALVgdoMHk

A in-o-cência é a ciência interna, original... A Poesia é a voz da inocência, da Criança!
Que a Mãe não quer dizer nada se dentro dela vive a voz que é a sua Causa
A Matéria só quer ser a voz do Espírito que a causou
Porque não ser como Ela: ser a voz do Amor que nos causou??