25.1.15

Os derradeiros descobrimentos portugueses ainda não aconteceram...

"A verdadeira viagem de descobrimento não consiste em procurar novas paisagens, mas em ver com novos olhos." Marcel Proust
"O sonho é ver as formas invisíveis" Fernando Pessoa
Os derradeiros descobrimentos portugueses ainda não aconteceram: é cada ser descobrir o seu modo único de olhar a realidade... é cada um descobrir o sonho que ela é!
http://youtu.be/apQ2eDUx7Ho
Os derradeiros descobrimentos portugueses ainda não aconteceram: é cada homem descobrir que o mundo é uma tela em branco e que as cores para a pintar moram no seu e só no seu coração!
http://youtu.be/FMNHFoYJJ5c
"Os casos excecionais são todos os que há no mundo. Cada um de nós, como homem, é inteiramente excecional. Não há ninguém igual a cada um de nós em todos os biliões de homens que existem, nem fisicamente nem psicologicamente. Tudo é exceção. E todas as coisas que existem no mundo deviam ser exceções aplicadas a esses seres excecionais. Simplesmente, as condições da sociedade em que vivemos obrigam todos nós a, lentamente, nos irmos parecendo uns com os outros." Agostinho da Silva
A sociedade torna os homens objetivos... ora, apenas sendo subjetivo, o homem é original
Ao não sentir o ser original que é, o homem torna-se uma cópia, um 'papagaio'... ou nem isso, essa é outra ignorância...
Copiar os outros não é ser papagaio, pois é ser sem cor, sem asas, sem encanto próprio (nem é ser macaco!)

 
Todas essas comparações, aparentemente inofensivas, denotam o desrespeito e a falta de deslumbramento perante a obra suprema que é a natureza!
 
O significado negativo dado frequentemente à palavra selvagem demonstra que o homem ainda não entendeu que o ser selvagem é livre, que o homem ainda não se espantou com essa maravilha que é ser guiado pela natureza! Guiado pelo coração!