23.1.15

Precisamos de colocar o Sentir naquilo que fazemos...continuamente!

É interessante que os advérbios de modo em português terminem em -mente
Isto mostra que o modo como somos depende da nossa mente
É no 'como' que a nossa mente influi!
É, portanto, no modo que a grande mudança precisa ocorrer!
É o modo, não é o que fazemos ou somos, que importa mudar!
É a maneira que não está em consonância com a natureza do nosso ser!
Man-eira: é a nossa mão que não está lá! Precisamos de colocar o Sentir naquilo que fazemos... continuamente!
É o tal jeito de ser que não é o do nosso sujeito! Que não é NATURAL... como o da gaivota
A Gai-a-vota é a que escolhe ser Gaia, toda a terra!

http://youtu.be/BgQeJ6BqRLI

"(...) meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração." Amália
...no teu sentir caberia o meu sentir...

O amor é o encontro dos sentires que se combinam... perfeitamente! ...
O sentir é contínuo, o pensar é descontínuo
Só o que é contínuo, persistente e cuidadoso pode ser perfeito!