29.1.15

Quando o ar (mente) se torna brisa é porque se tornou brasa do coração!

"Nisto já nem de ar precisas
Só meras brisas raras" Sérgio Godinho
Brisa, Brasa
Quando o ar (mente) se torna brisa é porque se tornou brasa do coração!
É porque se tornou e-Terno!


Raras não quer dizer que só raramente acontecem... quer dizer que são preciosas! As brisas do coração não param nunca... Meras no sentido de simples... naturais

Sim, o amor prende-te, mas também te liberta daquilo que te prende e que não te deixa ser quem és!
Quando o amor chega, deixas de precisar do ar que é a mente, porque te lembras de novo que és a essência do coração! Que só dela precisas, porque só ela és... sempre!
http://youtu.be/CrLLF6h3IfY