27.2.15

Encontrar-se é equilibrar-se entre os opostos

O eixo Touro-Escorpião mostra algo que é comum a todos os eixos: estar presente apenas num dos pares é perder-se... encontrar-se é equilibrar-se entre os opostos
É então que Balança aparece como o signo do equilíbrio: do encontro dos opostos
E, por fim, Peixes, esse signo tão especial... é o "encontro das águas"
http://youtu.be/1LYIk9ydkwM
Então, porque Escorpião vem a seguir a Balança, não era suposto haver-se encontrado, equilibrado em Balança?
Ó dor das dores, o derradeiro equilíbrio só vem do extremo desequilíbrio... o derradeiro encontro só vem do extremo desencontro
A derradeira luz só vem da extrema treva: da 'ex-treva'
No extremo deixas de ser o que estavas a ser... e és o que és... ex-tremo, ex-tremor, ex-medo
É o medo que não te deixa ser tu(do)
Escorpião é a extrema treva, Peixes é a luz

O interessante não é ir ao extremo para virar no contrário mas para virar no encontro