28.2.15

Enfrentado o medo, ele torna-se o nosso amigo mais verdadeiro

A saudade é esta coisa estranha de não saber se estamos a chorar de tristeza ou de alegria

"O poeta não morreu, foi ao inferno e voltou"
Escorpião leva-nos ao nosso inferno interno...
http://youtu.be/6lQGbWNEdzE
Visitei o meu... dele não guardo saudade, mas aprendizado...
Visitei talvez porque não fui capaz de enfrentar o medo... do meu próprio ser

Enfrentado o medo, ele torna-se o nosso amigo mais verdadeiro, o que NUNCA nos abandona, porque se torna nós próprios: o nosso amigo mais fundamental... somos nós mesmos

Caranguejo tem um lado imaturo que não quer crescer... mas um dia ele cai nas águas de Escorpião... tanto pior quanto for a resistência da sua carapaça...
Ele é peixinho transparente, sem carapaça

 
Caranguejo imaturo é (água) doce mas por medo... não por amor
A timidez é a doçura do medo, é a doçura inconstante
Peixes (no seu melhor) é a doçura constante da luz
 
A carapaça é o corpo: o corpo não nos pertence, mas à terra
Carapaça: a cara que passa