1.2.15

O corpo nasceu para dar à luz a alma

O homem reduz-se ao corpo e não se faz passagem para o Algo Maior por e para que nasceu: ser Alma: sentir o outro em si: AMAR
O corpo é um canal manchado enquanto não se deixar inundar pela água da alma, enquanto não se permitir sentir o outro um do dois em si
O corpo nasceu para dar à luz a alma
"Quando o filho se separa da Mãe, torna-se o Pai" Helena Blavatsky
Isto é o mais engraçado: a Criança torna-se Mãe da própria Mãe: o Coração/Corpo dá à luz a Alma: a Lua dá à luz Vénus... revelando-se como Neptuno

 

Antes de Ti, apenas me sentia a mim em tudo
Depois de Ti, só Te sinto a Ti em mim em tudo
Depois de Ti, só Te amo em mim em tudo
"Tu vois, je t'aime comme ça", só é possível ver quando se sabe o quanto se é amado...
Que ser amado assim é ser dado à luz
http://youtu.be/N-roGMGyFu0
Amar não é desejar o outro, fugindo de si...
Amar é não conseguir fugir de si: de SER o outro!...
É, não importa o lugar e o tempo, senti-lo sempre, como o ser que somos
Amar não é desejar, é não conseguir não ser...
Amar é render-se... desisto de fugir... de mim e de ti... desisto de fugir de amar... desisto de existir... fora desta canção que toca no fundo de mim
 http://youtu.be/x-y4g-eJ6EI
Quando Plutão e Vénus se unem, "não há fuga possível"... ao-a-mar
Glu glu glu
http://youtu.be/9KKnwu8neYY
"Like a final puzzle piece,
It all makes perfect sense to me…
The heaviness that I hold in my heart belongs to gravity."