14.2.15

Quando o coração não sai de si, pe(n)sando, ilumina a alma

Quando o coração não sai de si, pe(n)sando, ilumina a alma
Quanto mais o coração (a lua) vê o tempo (a terra) de longe, mais a alma (o sol) se desperta para a eternidade (luz una)
http://youtu.be/8i0R_aF91Mk

Distante, diz tanto
Ao olhar da saudade o tempo diz tanto... tão mais do que ele é capaz


O coração é tempo na mente e eternidade na alma
Só que a mente não é um lugar... o lugar do coração é o luar da alma
 Luar = Luz + Ar (som)
 
A mente é o duplicado... o complicado
A alma é o original... o simples
São elas as duas asas do coração
http://youtu.be/sEoBe2z1SzE
"Só na reflexão do espelho da água, ou do tempo que passa, se duplica e vem mostrar a eternidade: o céu se reflecte na terra." Dalila Pereira da Costa