28.3.15

Cheirar é deixar que o outro entre em nós... que nos seja... é deixar ser...

O bonito do verbo cheirar é que é ambíguo
Não dá logo para saber se é cheirar bem o outro ou se somos nós que cheiramos... bem
No fundo, quando sabemos cheirar bem o outro, é mais provável que nós cheiremos bem
Cheirar é deixar que o outro entre em nós... que nos seja... é deixar ser... o outro e a nós próprios
Cheirar é a inspiração da Vida... Amar a essência
https://youtu.be/l4X1LEgMnR4
Cheirar é um instinto animal... mas quando Plutão volta para dentro... é a intuição: Urano é o Plutão que se interiorizou
Quanto mais se cheira, menos se pensa... porque pensar é separar-se da vida, cheirar é unir-se a ela
A se-mente pensa, a flor cheira
Bonito é cheirar o outro sabendo que nos estamos a cheirar a nós mesmos: cheirar amando a alma que se é