11.3.15

O querer é o véu que não nos deixa ver o céu: ser a verdade

O que tu queres eu posso, só que eu só posso quando deixo de querer... quando o querer morrer, for good
O que tu queres ser eu posso ser, junto
http://youtu.be/X1Fqn9du7xo
"E eu querendo querer-te sem ter fim
E, querendo-te, aprender o total
Do querer que há, e do que não há em mim"
A Lua é o querer "do que não há em mim", do que não existe, do que é!
http://youtu.be/BJAkeUvCL1s
Want, Won't
O querer é o que não poderá ser
O que sentes não é o que queres, é o que podes: é o que já és, é o que sempre foste e sempre serás
O querer cega o sentir, cega-me para o que posso ser... o querer é cheio de peneiras... :P é o véu que não nos deixa ver o céu: ser a verdade
A pior escravidão é aquela em que o querer nos comanda: escuridão sem Lua nem estrelas
O melhor vadio é o que não teme o seu vazio, porque é atravessando o próprio vazio que se despe do querer e passa a PODER SER quem é

Se possuo, não posso... ser
Possuir quem se ama é não poder amar quem se ama
http://youtu.be/3AZP3nPgyFk
"...though you weren't mine...": não eras a mina, eras a luz da mina
Ter quem se ama é não Ser quem se ama... e Amar é Ser