28.4.15

Falta-lhe o romantismo natural da paixão

"É um fenómeno curioso: o país ergue-se indignado, moureja o dia
inteiro indignado, come, bebe e diverte-se indignado, mas não passa
disto. Falta-lhe o romantismo cívico da agressão. Somos, socialmente,
uma colectividade pacífica de revoltados." Miguel Torga
Falta-lhe o romantismo (Neptuno) natural da paixão (de Plutão)

 
A borboleta é a romântica natural da paixão que é a lagarta