8.4.15

Saudade, a Água Ardente

Outrora o fogo podia voar... mas perdida a sabedoria da água, perdeu-se também o saber voar
http://www.contioutra.com/de-quando-o-leao-sabia-voar-uma-lenda-africana/

A Saudade, sendo sentida, não diminui só aumenta, é como jogar água do mar numa ferida, ela fica a arder mais ainda... mas não será (d)essa água ardente a nossa sede?
Chorar de Saudade (de verdade) é como montar uma "tenda do suor" dentro de nós... sem hora de terminar

 
Há que fundir as riquíssimas culturas indiana e índia numa só... trazê-las para dentro... a indiana para o coração, para a terra, a índia para a alma, para o céu
Uma índia e uma indiana apaixonaram-se, a índia trouxe a indiana para o coração, a indiana levou a índia para o céu
A índia é o todo, a própria pátria: a terra, a indiana é a individualidade: o céu
A Índia não é um país: é a Terra... da Luz
 
O que Portugal ensaiou ocultamente há mais de 500 anos foi chegar à Índia através do Mar... da Alma

A "nova e eterna aliança" que é o vinho, o sangue, transforma-se em água ardente, no mar da saudade